Ser capitã desse mundo, poder rodar sem fronteiras, viver um ano em segundos, não achar sonhos besteira. Me encantar com um livro, que fale sobre vaidade. Quando mentir for preciso, poder falar a verdade.

melhores

Loading...

domingo, 8 de abril de 2007

Gosto de Voce!


Eu ia dizer que estava pensando em você...
Mas desisti, seria idiota porque eu penso em você toda hora.
Porém…gosto de você. Gosto de quem gosta. Gosto como quem gosta de verdade. Eu gosto de verdade. Gosto de você ora bolas! Não tem porquê de ser, apenas aconteceu. Que explica? Tenho afinidade. Costuro linhas imaginárias, como teias de aranha, só que com brilho de neon, como num sonho, entre eu e você, para me distrair. E elas brilham toda vez naquela rua, naquele instante de pensamento, toda vez uma lembrança em ti. E cada vez naquele trecho de calçada, um diálogo relembrado, aquela música, vem o gosto de você. O gosto de olhar pra você. O gosto que é saber de ti. O gosto do gostar. Cada vez faço um carinho no teu cabelo à distância. Como se você soubesse que eu gosto, e assim sanassem todas as dores. Gosto como quem gosta e não diz à que. Se namoro, se amizade, se irmandade, que seja. Apenas gosto. Gosto de coração doer. Gosto de lembrar das risadas, das linhas inéditas, lidas e relidas e decoradas com afinco. Do gostoso da voz. Gosto. Pois lembro. De cada particularidade, que não vem ao caso agora, mas que gosto e que guardo, junto com as minhas preciosidades. Rebobino o filminho na cabeça. Parece até que o vento ventava diferente quando tua atmosfera visitou a minha. E às vezes me visita. Gosto de você caramba! Só que sei que você gosta mais de mim… E só me resta a tal certeza do 'nunca mais'.

Nenhum comentário: